Calle Ramiro

El trabajo sobre uno mismo

Debería haber en el bachillerato una asignatura que se llamase “El trabajo sobre uno mismo” o “Trabajo interior”. Se nos han enseñado muchas cosas y muy pocas realmente útiles para lograr la paz interior y la armonía. Escribe Ramiro Calle. El trabajo interior es el que se hace sobre uno mismo para completar el proceso […]

Leia mais.

O ponto de quietude ou a conexão com o incondicional

O importante e transformador é vivenciá-lo. O ponto de quietude é uma energia de plenitude, clareza, bem-estar e harmonia, na qual os pensamentos comuns cessam e um é estabelecido na raiz da mente. Escreva Ramiro Calle. Tem sido um bom número de anos atrás, e para encabeçar um dos meus trabalhos no [...]

Leia mais.

Sempre no meu ser: Babaji Sibananda de Benares

Sempre me lembrarei daquele dia remoto em que pela primeira vez conheci aquele lindo e digno sadhu, com um visual inesquecível, chamado Sibananda. Recebi o convite dele para vê-lo há meses, mas muitas vezes já tinha ido a Benares que estava relutante em fazê-lo. Escreva Ramiro Calle. Apenas uma série de [...] incríveis [...]

Leia mais.

Magnífica mesa de meditação

Uma vez adotada a postura de meditação, os quatro exercícios seguintes são realizados. Você pode dedicar de cinco a dez minutos a cada um deles, aplicando, na medida do possível, energia, atenção, equanimidade e paciência. Toda vez que você verifica que a mente escapou, volto firmemente para se exercitar. Escreva Ramiro Calle. 1. Atenção [...]

Leia mais.

Kali-yuga ou a era da decomposição

Kali, tanto quanto "Kali-yuga" não está relacionado com a deusa de mesmo nome, mas quer expressar o pior em uma circunstância ou situação. O Kali-yuga é a era do conflito e do confronto, das trevas e da putrescibilidade. Escreva Ramiro Calle. Já era à noite, há muitos anos, em Rishikesh, em um [...]

Leia mais.

Aprender a desaprender

Recuerdo a dos mentores que se mostraban tal como eran ante sus discípulos, sin ningún tipo de impostura, solemnidad o actitud mayestática. Se dice que uno era sufí y les dijo a sus disçípulos: “Porque soy débil, comprendo vuestra debilidad”. El otro bien podría ser zen y cuando sus discípulos en la antesala de la […]

Leia mais.

A essência nutritiva

Mais uma vez deve ser dito: yoga não é ginástica, nem esporte, nem calistênicos, nem pilates, nem aeróbica, nem contorcionismo, nem alongamentos, nem uma ginástica ou atividade esportiva. Não é, tanto quanto algumas pessoas tentam chamar yoga o que não é yoga! É por isso que você necessariamente tem que colocar rigoroso [...]

Leia mais.

Yoga, la más antigua disciplina espiritual del orbe

Tuve la gran fortuna de conocer el verdadero yoga. Aprendí enseguida que el hatha-yoga no era ni mucho menos un culto al cuerpo, una gimnasia exótica o una calistenia, sino una ciencia psicosomática para poner el cuerpo al servicio de la transformación y la paz interior. Escribe Ramiro Calle. Siempre me sentiré muy agradecido por […]

Leia mais.

Há ioga e há molho, mas sem molho de yoga

Eu costumo distinguir entre yogis e yogis: o primeiro tem uma motivação para a melhoria humana e auto-desenvolvimento, enquanto o último só estão interessados em flexibilidade e culto do corpo, descartando a sua formação de qualquer intenção de apego humano e instrumentalizar o corpo para ampliar a consciência. Escreva Ramiro Calle. Eu li [...]

Leia mais.

Não há yoga real sem transformação

El yoga es una disciplina mental y espiritual para alcanzar otro modo de ver, ser y serse. Es una vía para aproximarse a lo Real o última realidad, que no importa en que términos se defina, pues está más allá de cualquier concepto. Escribe Ramiro Calle. Pretende la evolución de la consciencia y superar esos […]

Leia mais.