Ioga, uma tecnologia humana

Mentes estão construindo, transportando conceitos e criando ideias de tudo que existe ou existiu. Se levarmos em conta as milhares de anos de evolução do Yoga podemos calcular a quantidade de conceitos em torno desta disciplina tão rica em manifestações sobre os séculos e propostas hoje. Escreve Paulo Rego.

yoga_tecnologia

Quando realizamos a prática, de qualquer dos seus ramos principais, sub-ramos ou variantes, o Yoga vive em nós. Todos os conceitos que afirmou em escritos antigos como a Vedas ou o Sutraslivros e publicações contemporâneas ou aquelas manifestações plásticas ou estéticas como selos antigos, desenhos e pinturas, que têm servido como uma fonte de conservação e transmissão do conhecimento, tornam-se Ioga, o real, o praticado, que está além dos conceitos, são estas instruções altas, simples ou complexas.

Chegando em uma asana informações de preenchimentos de corpo humano e ao mesmo tempo decodificação milhares, talvez milhões de anos de sabedoria. As diferentes partes do corpo se adaptará e os efeitos do asana sobre o corpo físico começarem a influenciar profundamente. Se houver silêncio, se a mente é ainda, se a respiração é internalizada e é correta, para cada segundo que permanecemos em asana que todas as histórias, manifestada em nosso templo-cuerpo cada momento dos antigos yogues, que em um ou outro maneira como deu os primeiros passos e todos aqueles que foram então segui-los até os dias atuais.

Se nós podemos ser plenamente conscientes da prática, para o entregar-se a um asana, Nós sentimos essa manifestação. Todos os Yogis, mestres, todas as suas experiências, torna-se parte do praticante. Os pontos de apoio no solo, alongamento muscular, movimento nas omoplatas, o diafragma, estendem as costas, tudo o que nós sentimos foi sentida desde o início da prática e a construção de sistemas que chegam a nossa conhecimento hoje, tem sido experimentado, mais cedo ou mais tarde, pelos seres humanos que buscaram o sentimento, essa mesma que podemos obter na nossa prática hoje em dia.

Esse sentimento é o Ponte, o link que desaparece de vez, que o Yoga é um espiritual, compartilhado, sem tempo, prática multidimensional e ancestral, desde que manifestar-se só não tem, nada mais, nada menos, a existência do self, que nada mudou durante milhares de anos atrás, apesar de todos os nosso entorno imediato Sim feitas-lo radicalmente.

Quando praticamos profundamente e conscientemente, somos nós e os outros, somos um sopro de antiguidade e os representantes e continuação do Yoga no presente, tornar-se a viver o espírito do iogue encarnar a milhares de anos e experiências. Por que Yoga é muito mais do que uma atividade ou uma simples disciplina, é uma tecnologia completa e uma disciplina sagrada que transcende o tempo e ilumina-nos sempre que nós praticamos.

Paul Rego Professor de yoga de 2015 ©
Masajista-Terapeuta integral
Diploma em saúde Ayurveda (medicina da Índia)
http://yogasinfronteras.blogspot.com

Outros artigos sobre
Por • 15 Dec, 2015 • Sección: Assinaturas