O Yoga do som, uma curso-sadhana

Si bien el Yoga del Sonido sigue siendo un gran desconocido en nuestro país, cada vez son más las personas que se acercan a él debido a su gran potencia y versatilidad. No precisa más que una cosa: la entrega total del practicante. Un curso-sadhana que comienza el 28 de marzo y termina el 6 de junio en Aushadhi, Madrid.

aushadhiOM

Eva Espeita (Swamini Radhananda Saraswati) e Victor G. Cruz Eles têm pesquisado este caminho há anos a partir de suas múltiplas manifestações nas várias tradições da Índia atravessada pelo som (Dhrupad, Tantra, Vedanta, nada Yoga, Bhakti...) e outras derivações relacionadas (música harmônica, Escuta profunda...). Com base nos frutos de seus estudos e suas experiências eles tomam este curso-sadhana.

Se há um campo sensorial privilegiado nas tradições místicas da Índia quando se aproxima de uma compreensão do inefável, essa área é, sem dúvida, a do som. Da mesma forma, se houver um apoio particularmente eficaz e imediato para aquietar a mente e acessar os Estados de equilíbrio, concentração profunda e meditação, que o apoio é, sem dúvida, a experiência meditativa com o som. O Nada Yoga o Yoga do som é o caminho do Yoga (um caminho muitas vezes transversal, para o trabalho de som é muito presente em todos os outros caminhos) a forma de que se encontra, de uma forma ou de outra, no atenção para a vibração do som.

Coletando o alívio de várias tradições de yoga e misticismo sonoro (nada Yoga, Tantra, Vedanta, Bhakti, Dhrupad), servindo-nos com algumas propostas mais contemporâneas (Escuta profunda, técnicas modernas de canto harmônico) e, acima de tudo, de nossa experiência dedicada e pesquisa em torno dessas práticas, seu significado e seus efeitos, propomos uma sadhana Yoga do som onde temos sintetizado e unificado várias práticas em um série unificada e progressiva completa, estrutura espiral. O objetivo deste curso, além de ser uma introdução ao significado e teoria de nada Yoga é, acima de tudo, introduzir, acompanhar e orientar os alunos na prática desta série sadhana.

Ao longo da estrada para o despertar da consciência que nos é proposto pelos antigos iogues, Nada prática de Yoga nos auxilia e acompanha o processo de silêncio e pacificar nossas mentes (abandonando os padrões de stress e de dispersão), harmonizar nosso corpo e sentimentos, atenção e desenvolver a concentração, livre de direta e efetivamente bloqueios impedem-nos de vital, assim despertando o nosso potencial em termos de saúde, comunicação, criatividade... Antes de mais, o Yoga do som atua no crescimento de nossa presença, de toda a nossa atenção para a experiência do momento presente, somente possível chave para a plenitude.

O universo, os antigos místicos afirmam, é essencialmente vibração. Nossos corpos (microuniversos) são essencialmente vibração. O passado, o presente e o futuro da existência manifesta são, no seu último e mais sutil estágio, a vibração... Portanto, som, música. Ouvindo nada, como a articulação de Sadja, como a repetição de um mantra, como o livre fluxo pelas ondas da Raga, nós nos conectamos com a fonte primordial, com nossa natureza suprema e vibracional. Nos perdemos para nos encontrarmos. Perdemos o nosso ego para encontrar o nosso ser essencial. Nós transcenamos.

Programa

Em uma sadhana, construído em seis fases em um pessoal cumulativa, unificado prática terá início às estudantes na teoria e na prática das seguintes técnicas de meditação de Yoga do som:

  • Meditação externa através de práticas de desenvolvimento abrangente do Escute-me profundamente.
  • Prática de meditação interna sobre o refinado, escutando o som primordial interno(nada anusandana).
  • Práticas de meditação activas na abertura da voz e respiração através de exercícios selecionados de Pranayama, bem como uma adaptação de metodologias específicas provenientes da Canto Telmo: Karaj, Akar.
  • Práticas de meditação e sutil harmonização através de um trabalho de visualização da ascensão e queda de energia através do canal central e do canto simultâneo de ragas(escalas modales indias nacidas de la tradición del nada yoga), cuyos diversos grados se corresponden con la vibración de los principales centros energéticos del cuerpo (chakras).
  • Prácticas de meditación a través de la recitación de mantras(extraídos de diversas tradiciones): sentido y articulación del mantra OM (oṃkara), mantras tántricos para equilibrar y despertar los centros energéticos del cuerpo (chakra bija mantras), mantras védicos de Shabda Yoga, mantras-visualización para conectar con nuestro ser superior corporeizando el simbolismo de los arquetipos.

Agenda De 10:00 a 14:00

A quiénes va dirigido el Curso

  • Praticantes de Yoga que você deseja um estudo mais aprofundado desta tradição, así como profesoras o profesores que quieran desarrollar una práctica genuina y completa.
  • Músicos o artistas escénicos que você deseja ahondar en el potencial meditativo y sanador de su medio (el sonido, la voz).

Embora algumas experiência e um layout limpo, é recomendável você sincera e comprometida em direção a prática meditativa, não necessária, no entanto, para seguir com sucesso este curso, ioga ou música conhecimentos avançados.

Propomos um Sadhanao que significa desenvolver uma prática pessoal diáriaseguindo as indicações durante as sessões, que são dadas todas as explicações necessárias e esclarecimento de dúvidas, ao lado do próprio guiados sessões que servem como referência.

Será realizada uma ampla orientação una mañana de sábado cada dos semanas, pero el resto del tiempo el o la practicante habrá de practicar siendo su propia guía, lo cual expresa el espíritu del Yoga de “Aprender a reconhecer nosso mestre interior"."

Datas: Sábados 28 de marzo 2015 / 11 de abril / 25 de abril /9 de mayo / 23 de mayo / 6 de junio

Duração total: 24 horas

Contribuição: 225 € (para alumnos de Aushadhi que estén asistiendo a la escuela en la actualidad o que hayan asistido hace menos de un año. 240 € para alumnos externos.

El profesorado

Eva Espeita (Swamini Radhananda Saraswati) dedica-se ao ensino do Yoga integral a partir do ano 2003 em tipos regulares, seminários e retiros dentro e fora de Espanha. Fundador da Escola de Aushadhi Yoga em Madrid e co-organização juntamente com Marta Espeita e Víctor G. Cruz. Formulários com mestres da tradição do Yoga Integral (discípulos diretos de Swami Satyananda Saraswati) como Danilo Hernández (SW. Digambarananda), SW. Nishchalananda (que começou como um Sannyasin) e SW. Gyandharma em inúmeros seminários, experiências e retiradas (em vários deles também participa como orador). Para a exploração do trabalho do corpo também investiga outras escolas de Yoga e sistemas relevantes (Iyengar, Pattabhi Jois, amigo de John, Gustavo Ponce, Feldenkrais). Também foi formado na respiração e circulação pré-natal (Omma pré-natal com Montse Cob). Da mesma forma, é dedicado à aprendizagem da música clássica da Índia (estiloTelmo) através da voz com Amelia Cuni, Luiz Carlos Gundecha Pandit e Pandit Warlei Gundecha, e é co-fundador e membro do Sunyata, um projeto de música em êxtase, transe e mantras Víctor G. Cruz e Jorge Lozano Cabrero. Estudioso da tradição literária do Yoga, Tantra e as filosofias do xivaísmo e Vedanta, assim como outros sistemas de meditação que surgiram ao longo da história tanto no Oriente como no Ocidente, também participou em vários cursos de doutorado em Ciências das religiões na Universidade Instituto de Ciências das religiões da Universidade Complutense de Madri.

Victor G. Cruz (Mrtiunjaya) se inicia en el Yoga en el año 2009 tras una licenciatura y un master en Filosofía (España y Francia). Cursa estudios en la Universidad Popular de Permacultura en Francia. Es co-organizador de Aushadhi Escuela de Yoga desde 2012 y dirige clases regulares, seminarios y retiros. Comienza su formación de Yoga Integral con Eva Espeita (Swni. Radhananda Saraswati) y posteriormente con otros maestros del linaje directo de Swami Satyananda Saraswati como Danilo Hernández (Sw. Digambarananda), Sw. Nishchalananda y Sw. Gyandharma. Explora también otras visiones y escuelas relevantes, especialmente en el trabajo con el cuerpo (Iyengar, Pattabhi Jois, John Friend, Gustavo Ponce, Feldenkrais). Como músico, es cofundador y uno de los miembros del proyecto Sunyata. Tem também compôs, realizado e produzido sob o pseudônimo A Aporia a música para a meditações-reiki "All love", da Fundação de salgueiro. Atualmente dedica parte de seu tempo para o estudo de canto Telmo (a tradição mais antiga de canto em hindustanica de música clássica) com seus professores Amelia Cuni, Luiz Carlos Gundecha Pandit e Pandit Warlei Gundecha)Os irmãos Gundecha).

Mais informações: http://www.aushadhiyoga.com/

Outros artigos sobre , ,
Por • 16 mar, 2015 • seção: Aulas, cursos e oficinas, Eventos