Viveka, o discernimento

Discernir é considerado um elemento-chave dentro de Jnana Yoga. Certamente, discernir entre o verdadeiro e o falso, entre a essência e a personalidade, entre a realidade e o real... Entre Purusha e Prakritti, de acordo com a filosofia Samkhya, é uma das últimas etapas e talvez também um dos mais avançados na busca espiritual. Escreve Emilio J. Gomez.

Viveka_pluma

A qualidade da discernimento genuíno Não é fácil de alcançar, muito menos para realizá-lo, porque para aplicar José Neto de uma forma adequada de antemão é necessário obter conhecimento direto, ou pelo menos um vislumbre, do que se pretende ou quer ser discerlado, caso contrário, permaneceria em uma prática mental estéril mais.

Por palavra, é possível saber o que nos é dito ser ilusório, e, portanto, irreal. Mas nós realmente sabemos o real para ser capaz de separá-lo do irreal? Não. Não o conhecemos. Talvez possamos imaginá-lo e também por muito tempo. Na pior das coisas, podemos supor que, uma consequência do que foi dito ou lido.

Sem pelo menos um vislumbre, um flash do real, não é possível separá-lo do irreal através do discernimento. Tal vislumbre deve ser direto, as interpretações intelectuais extraídas dos livros, ou mesmo as palavras sempre bem intencionadas daqueles seres que vivem no real, não são válidos.

Que a perceber é íntimo e pessoal. Não é adquirido como um grupo, nem lendo livros, nem é na Internet. E muito menos pode ser encontrado participando de conferências ou falar sobre isso. Tal experiência simplesmente acontece. Está acordando. Ele acorda para a coisa real. E o real não pode ser atingido através do pensamento, intelecto ou mente; Só pode ser.

A partir do momento em que ele se conecta com a presença de ser, com ele mesmo, o Atman... Somente a partir desse momento atemporal, a prática da meditação deixa de ser uma preparação, uma definição das condições certas para que o flash do real aconteça, e para se tornar um instrumento deve na vida do Seeker para aprofundar a sua presença de ser.

Uma vez obtido o flash do absoluto através do ser é quando a prática da postura de meditação em silêncio e quietude assume todo o significado. Até lá, o desejo do homem terá mudado: Agora quer aprofundar o que ele experimentou além da palavra, pensamento e mente.

O cultivo intencional da presença do ser que acontece durante a prática da meditação assume um novo significado. Agora, o discernimento acontece de forma natural e sem esforço, como deveria ser.

Emilio J.GomezEmilio J. Gomez É o círculo interno de silêncio, professora de yoga Yoga

T 616 660 929 e-mail: info@silenciointerior.net – www.silenciointerior.net

Outros artigos sobre
Por • 29 Jul, 2016 • Sección: Assinaturas, Silêncio interior